Reciclagem sem erro: os tipos de papel, plástico, metal e vidro que podem (e que não podem) ser reciclados.
Embalagem metalizada de salgadinho, fotografia, esponja de cozinha, clipes.nada disso pode ir para a reciclagem

Um ímã de geladeira que traz uma lista de materiais recicláveis e não recicláveis. A ideia, criada pela consultora de meio ambiente Helena Kindi, ajuda moradores de condomínios paulistanos a separar corretamente os resíduos. Ela é a personagem da edição de agosto de 2009 da seção Pegada Ecológica, de CASA CLAUDIA.

“Para que a coleta funcione, é preciso simplificar, e o ímã facilita porque fica sempre à vista para tirar as dúvidas do dia-a-dia”, diz. A seguir, copiamos as dicas do ímã para você conferir se está fazendo tudo direitinho. A consultora Helena Kindi atende no tel. (11) 3661-2537 ou via e-mail. Nossa página de sustentabilidade tem mais reportagens sobre decoração e construção ecológicas.

 

 

reciclagem de papel amorim metais

Recicláveis: jornais, revistas, envelopes, cadernos, impressos, rascunhos, papel de fax, fotocópias, listas telefônicas, cartazes, aparas de papel, caixas de papelão e embalagens longa vida;

Não recicláveis: papéis engordurados ou sujos (como guardanapos e papel higiênico), fitas e etiquetas adesivas, papéis metalizados (salgadinhos e biscoitos), papéis plastificados (como de sabão em pó), papéis parafinados e fotografias.

 

 

reciclagem de plastico amorim metais

Recicláveis: potes, embalagens, copos, garrafas, frascos de produtos de limpeza e higiene pessoal, sacos e sacolas, utensílios plásticos usados (baldes, canetas etc.), brinquedos de plástico, isopor;

Não recicláveis: fraldas descartáveis, embalagens metalizadas, adesivos, cabos de panelas, espuma, esponja de cozinha, tomadas e outros plásticos termofixos, acrílico, papel celofane.

 

 

reciclagem de metal amorim metais

Recicláveis: tampinhas de garrafa, latinhas e enlatados, talheres de metais, tampas de panelas e panelas sem cabo, pregos (embalados), embalagens descartáveis, papel alumínio (limpo);

Não recicláveis: latas de tinta, verniz, solventes químicos e inseticidas, aerossóis, esponjas de aço, clipes, tachinhas, grampos.

 

 

reciclagem de vidro amorim metais

Recicláveis: garrafas, potes de conservas, frascos em geral, copos e vidros de janelas. Importante: inteiros ou em cacos, os produtos devem ser enrolados em jornal ou papelão;

Não recicláveis: espelhos, vidros temperados, refratários (pirex), louças de porcelana ou cerâmica, cristais, lâmpadas, vidros especiais (como tampa de forno e micro-ondas), ampolas de remédios.

 

Importante:

  • O material deve ser limpo antes de ser enviado à reciclagem;
  • Não é necessária a separação por tipo. Papéis, plásticos, metais e vidros podem ser colocados juntos;
  • Para diminuir o volume, amasse as latinhas e as garrafas plásticas;
  • Não jogue pilhas e baterias no lixo, pois são tóxicas. Deposite-as no recipiente destinado a elas no condomínio;
  • Não jogue óleo usado pelo ralo. Espere esfriar, coloque em uma garrafa plástica e feche bem. Depois, leve até o coletor do condomínio ou, na pior hipótese, descarte engarrafado junto com o lixo não reciclável.

Pin It on Pinterest

Share This