A reciclagem é essencial para o futuro do planeta. Confira confira alguns dos benefícios desse processo para a sociedade, a economia e o meio ambiente, Conservação dos recursos naturais, economia de energia e conscientização ambiental são alguns dos benefícios da reciclagem

Sabe-se que a reciclagem traz inúmeros benefícios, tanto para o meio ambiente quanto para o próprio ser humano. E que todos os dias, as pessoas produzem toneladas de lixos, dentro de casa, em hospitais, indústrias, escritórios, empresas e etc. No entanto, muitas vezes, todo esse lixo não é separado. Desse modo, não é realizada a coleta seletiva e o lixo acaba sendo descartado de forma incorreta no meio ambiente.

Esse processo é essencial para o futuro do planeta. Confira 7 benefícios da reciclagem para a sociedade, a economia e o meio ambiente.

Conservação dos recursos naturais

Os recursos naturais são finitos e alguns são até mesmo escassos. Com a reciclagem os materiais voltam ao ciclo produtivo, portanto não é necessário que novos recursos naturais sejam utilizados. Como por exemplo:

  • A reciclagem de papel e madeira salva árvores e florestas, 1 tonelada de papel reciclado evita o corte de 30 ou mais árvores;
  • 100 toneladas de plástico reciclado evita a extração de 1 tonelada de petróleo, recurso não-renovável com previsão de esgotamento dentro de 40 anos;
  • A reciclagem de 1kg de vidro quebrado em cacos gera 1kg de vidro novo, economizando 1,3kg de matérias-primas.

Proteção dos ecossistemas e vida selvagem

A reciclagem reduz a necessidade de extrair novas matérias-primas do meio ambiente. Isso diminui os prejuízos e os danos causados ​​à natureza, tendo menos florestas derrubadas, rios desviados, animais selvagens prejudicados ou deslocados e menos poluição da água, solo e ar.

Economia de energia e água

Fabricar produtos a partir de materiais reciclados requer menos energia e água do que fabricá-los a partir de novas matérias-primas. Por exemplo:

  • A reciclagem de alumínio economiza 95% da energia que seria usada para produzir alumínio primário;
  • Quando se fala do metal reciclado, essa economia chega a 70%;
  • A reciclagem de plástico economiza até 90% de energia que seria usada para produzir o plástico a partir de material virgem;
  • A reciclagem de papel economiza 40% de energia que seria utilizada para produzir papel com material virgem;
  • Além disso, 1 tonelada de papel reciclado economiza 20 mil litros de água; já na reciclagem de vidro, há a economia de 50% no consumo de água.

Reduz emissões de carbono na atmosfera

Como a reciclagem significa usar menos energia no fornecimento e no processamento de novas matérias-primas, ela produz menos emissões de carbono. Também mantém os resíduos potencialmente liberadores do gás metano fora dos aterros sanitários. Além de reduzir o dióxido de carbono e outros gases de efeito estufa emitidos na atmosfera, impedindo mudanças climáticas.

É mais barata

É seis vezes mais barato descartar os resíduos reciclados do que os resíduos em geral. Portanto, quanto mais reciclar e menos colocar na lixeira, mais dinheiro será economizado. Isso também vale para os resíduos inorgânicos, como os alimentos.

Gera mais empregos

No Brasil, de acordo com o Cempre (Compromisso Empresarial para Reciclagem), o faturamento das cooperativas de catadores tem sido crescente nos últimos anos e houve ganhos de produtividade. Por exemplo: a reciclagem de plástico no Brasil gera cerca de 20 mil empregos em 300 indústrias de reciclagem. Ainda, estima-se que 100 mil pessoas vivam exclusivamente de coletar latas de alumínio para a reciclagem.

Desenvolve a consciência ambiental na população

Ao passo que vão se fazendo reciclagens, a população vê os resultados e fica ciente de sua responsabilidade nesse assunto, sendo reeducadas sobre o consumo e o descarte de lixo de forma correta.